Acorrentada
Antonio Miranda Fernandes

beira-mar vi me sentada
sobre barco que morria porque
um dia ele rompeu a corrente...

Sua filha, sentada na areia,
com um dedinho em sua mo,
acorrentava-lhe para sempre...